Subscreve grátis a newsletter deHomem

Erros que estão a arruinar as tuas finanças

dinheiro

Em Portugal, cada vez mais se está a normalizar viver em casa dos pais até depois dos 30 anos. Mas não deveria ser assim.

Repara que nos outros países da Europa os jovens adultos geralmente saem de casa dos pais mais cedo e isto deve-se a um conjunto de fatores externos, como a valorização do mercado imobiliário ou a inflação. Mas também por fatores internos, sendo um deles a falta de educação sobre gestão de finanças pessoais. Talvez por questões políticas não interesse muito ter esta disciplina no sistema nacional de educação, e talvez porque nem os teus pais te souberam ensinar a fazer uma boa gestão. Mas não importa o motivo, importa saberes quais são os erros que estás a cometer e corrigi-los o quanto antes.

sair de casa dos pais

Não estás a gerir bem o teu dinheiro

Já falei sobre isto no post anterior por isso não me vou alongar muito. Tens de fazer uma gestão tipo 50/30/20. Da uma vista de olhos: Como deves gerir o teu dinheiro

Não estás a trabalhar o suficiente

Não me canso de dizer isto. Se o teu emprego de 8h/dia não é suficiente para conseguires fazer uma gestão como falei em cima, então não trabalhas o suficiente. Arranja um part-time ao fim de semana, trabalha mais 4h por dia, abre uma loja on-line de qualquer coisa.

Se estás a espera que te saia o Euromilhões ou de um grande ganho no casino que vai mudar a tua vida, esquece. As probabilidades são extremamente baixas, e uma coisa eu te garanto, se tu não sabes gerir mil euros, nunca vais saber gerir um milhão. Por isso, mesmo que te saísse a sorte grande, a probabilidade de estragares tudo é enorme.

Não há outra opção sem ser o teu trabalho se não quiseres continuar a viver remediado o resto da vida. Se o dinheiro não chega tens de fazer mais dinheiro!

Estilo de vida superior ao teu rendimento

Aqui é onde eu queria chegar. Onde eu vejo 90% das pessoas a falhar. Porque raio é que queres fazer vida de 20 se só ganhas 10? Queres provar o que? A quem?

Maior parte das pessoas têm a necessidade de mostrar, mostrar as “conquistas” antes de as terem conquistado sequer. Não faças isso. Achas que és mais que alguém por andar num carro de 40 ou 50 mil euros se não o consegues pagar? Não me provas nada por andar com balenciaga ou Lacoste sequer, se não tiveres dinheiro poupado ou investido em alguma coisa. Foca-te primeiro nas tuas finanças, e depois nos teus “prazeres“.

Aliás, é mais difícil encontrar uma pessoa rica a vestir roupas caras do que alguém de classe média ou baixa. Porque será? Porque a pessoa rica tem mais o que fazer ao dinheiro, sabe geri-lo, sabe aplicar o dinheiro, e simplesmente não precisa de mostrar nem provar nada a ninguém.

Tens de ser consciente e humilde, não compres o que não consegues comprar. Se és classe baixa ou média e precisas de fazer um crédito para comprar um carro, compra um carro em segunda mão, em vez do teu carro de sonho. Não gastes o teu dinheiro todo no início do mês em duas peças de roupa de luxo se não consegues depois aguentar até ao final do mês à vontade, não é racional. Não vás jantar a um restaurante de 100€, se depois vais ter de tirar dinheiro das poupanças para pagar a renda.

Isto é um dos motivos pelo qual te deves afastar das redes sociais. Porque estás a ser constantemente incutido que és inferior se não tiveres esse tipo de luxos, e precisas da validação das pessoas. Pessoas essas que se calhar nem te conhecem. Por isso não tens de provar nada a ninguém que não seja a ti mesmo.

Pensa sempre à frente

Tens de pensar que a vida não é um mar de rosas e surgem imprevistos a qualquer momento. Não podes simplesmente te por a gastar o teu dinheiro todo em roupa e jantares no início do mês, porque não sabes se não vais ter um problema num dente que tenhas de ir ao dentista e não vais ter dinheiro, ou um problema no carro que precises de pagar, por exemplo. Conta sempre com despesas inesperadas, elas surgem sem avisar e tens de estar preparado.

Isto é um fator importante que separa um homem de um miúdo. Sempre me disseram um homem prevenido vale por dois.

Não fazes tracking dos teus ganhos e gastos

Uma das dicas principais é nunca andares com muito dinheiro vivo no bolso. Desta forma nunca te sentes tentado a gastar em coisas desnecessárias se não tiveres contigo dinheiro palpável. Isto também vai de encontro com o tu não teres noção do que que gastas ou deixas de gastar.

Isto é crucial para fazeres uma boa gestão e saberes valorizar o teu dinheiro. Se tu sempre que gastares dinheiro registares quanto dinheiro gastas-te e em quê que gastas-te, vais conseguir perceber a quantidade de coisas fúteis que compras.

E normalmente quando tens uma conta poupança, conta essa que não costumas mexer, muitas vezes até te esqueces ou perdes a noção de quanto dinheiro tens lá, se tiveres isso registado vai-te dar muito mais vontade de continuar a ver essa conta a crescer, e vais querer gastar menos para poupar mais.

Eu pessoalmente uso excel para registar todos os meus ganhos e gastos, mas existem várias apps no mercado que fazem esse tracking do teu dinheiro, umas gratuitas, outras com subscrição, mas acho que as apps e versões grátis são mais que suficiente para começares a registar os teus gastos e ganhos por categorias.

Sigam-me no Instagram e digam por lá se querem que eu faça um post dedicado ao tracking de dinheiro.

Agora que já sabes Erros que estão a arruinar as tuas finanças subscreve a nossa newsletter para seres o primeiro a receber as melhores dicas masculinas!

POSTS RELACIONADOS

arruinar a vida

Para de arruinar a tua vida aos 25

A maioria de vocês estão a arruinar as vossas vidas sem perceber. Matemática rápida, tu tens cerca de 29.000 dias de vida nesta Terra (esperança média de vida), subtrai aproximadamente

LER MAIS »
Scroll to Top